A Oração do Pai Nosso em Relação ao Homem – Mateus 6.9-13

I – A oração envolve o homem.

1. “O pão nosso de cada dia“.

a) O pão em tempos bíblicos se tornou o símbolo de todo o sustento do ser humano.
b) Se é de cada dia, a oração exclui as coisas de luxo e desnecessárias.

(1) Como por exemplo a oração de Agar. – Prov. 30:8.
(2) Foi assim que Deus ensinou o Pão de Cada Dia dando o maná a “cada dia o maná”, assim fará conosco. – Sal. 37:25.
(3) Ensina-nos a nem cogitar o dia de amanhã – Mat. 6:34; 1 Tim. 6:8.

c) Quando pedimos o pão “nosso” de cada dia nos identificamos com os pobres necessitados.

2. “Perdoa as nossas dívidas“.

a) Cada pecado se torna um débito diante de Deus.
b) Essa dívida tira-nos a verdadeira alegria. Sal. 32:1.
c) Se essa dívida não é quitada em Cristo não teremos esperança – Heb. 10:27.

3. “Como nós perdoamos aos nossos devedores“.

a) Deus quita nossa dívida quando quitamos a dos outros – Vs. 14,15.
b) Se não estivermos dispostos a perdoar não haverá culto aceitável, nem tão pouco ser perdoado – I Jo. 3:14; 4:20; Mat. 18:21.

4. “Não nos deixes cair em tentação“.

a) Devemos pedir o perdão de nossos pecados cometidos e livramento para nos livrar de pecar no futuro.
b) O diabo anda bramando em redor de nós. – II Ped. 5:9.
c) Deus permite a tentação como um meio de prova e disciplina – Tia. 1:13,2,3. Ex.: o caso de Jó.
5. “Mas livra-nos do mal”.
a) A alma do crente arde para ser livrada do mal, assim, não perde a comunhão com o Pai – Rom. 8:23.
c) Quando livrados da queda nos tornamos mais que vencedores. – Rom. 8:37.
d) Devemos crer na Promessa do livramento de Deus – Prov. 8:17; Isa. 43:1,2 ; Sal. 29:11.

Deixe uma resposta