A Ansiedade e a Tentação São Gritos à Oração

I – A Ansiedade é Uma Grito à Oração:

Somos avisados sobre a ansiedade – Fil. 4:6.

  1. A ansiedade rompe fé em Deus.
  2. a) O Primeiro ato da ansiedade é tirar nossos olhos de Jesus provocando a perca da fé, e fazendo nos olhar para as circunstâncias da vida.
  3. b) A ansiedade é o sinal da morte da fé.
  4. A ansiedade bloqueia o poder de Deus.
  5. a) A Ansiedade impede o fluxo da fé para impedir que o poder de Deus flua em nós e através de nós.
  6. b) Foi a falta de fé que impediu a ação de Jesus – Mar. 6:4-6.
  7. c) Por isso somos advertidos a lançar a ansiedade sobre o Senhor.
  8. A paz de Deus se afugenta da ansiedade – Isa. 26:3.
  9. a) A ansiedade faz barreira à paz de Deus.
  10. b) A paz é a pomba; a ansiedade é o abutre.
  11. c) Toda a ansiedade é um sintoma que deixamos de orar e confirar em Deus. Se notar sua presença, observe que existe um Grito Para a Oração.

II –  Tentação – Um à Oração – Mateus 26.41.

  1. O cristão deve saber de onde virá sua tentação:
  2. a) O mundo – decorado com passarinhos e belas flores.
  3. b) O diabo – está sempre ao nosso redor – Ex. : Davi e Jó.
  4. c) A carne – uma tentação dentro de nós.
  5. d) A Confiança Própria – uma ajuda à queda.

Deixe uma resposta