A Promessa de Nunca abandonar [Hb 13.5]

Por

Deus faz a Promessa de Nunca abandonar. O texto de Hebreus 13.5 nos garante não seremos deixados nem abandonados por Ele.

A Bíblia faz um grande desafio em HB 13.5:

Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.

O simples fato de vencer da avareza dominar a pessoa e a ganância para possuir as coisas sem nenhum objetivo, mostra que temos a desconfiança de que Deus vai nos abandonar no momento em que precisarmos dEle.

Por isso, devemos ter em mente que a frequência da promessa é infalível e de várias formas está confirmada em Sua Palavra.

A Promessa de Nunca abandonar:

  1. Em primeiro lugar é saber quem é o Originador da promessa – Jeová (Gn 28.15).
  2. Entender qual é a base da promessa – a Aliança (Dt 4.31).
  3. E ainda, O poder da promessa nos conflitos (Dt 31.6).
  4. Provar a presença da promessa para obras especiais (Dt 31.8).
  5. A certeza da promessa (Js 1.5).
  6. Qual o motivo do cumprimento da promessa (1 Sm 12.22).
  7. O aspecto incentivador da promessa (1 Cr 28.20).
  8. Entender que tem um lado humano como condição a ser cumprida para conhecer a veracidade da promessa (1 Rs 6.12,13).
  9. A presença, perfeição e perpetuidade da promessa (Sl 37.28-33).
  10. A promessa é real, embora os santos nem sempre percebam isso (Sl 94.14).
  11. Saber da necessidade dela como testemunho para ass pessoas que apreciam a promessa (Is 41.17).
  12. A imutabilidade da promessa (Hb 13.5,6).

Deixe uma resposta