Deus é Simples e Nós Podemos Crer

Por

O Cristão precisa saber que Deus é Simples e o que isso implica em nosso dia a dia, na nossa fé e em nossas ações. Esta afirmação está amparada pelo texto muito conhecido que diz: “Deus é Espírito…” e entender isso é vital para uma pessoa nascida de novo.

Ainda existem pessoas que perguntam se Deus existe. Isso é irrefutável – Ele É. Daí, quase que automaticamente nossa mente procura saber “como Ele é”

Sobre isso, podemos começar a meditar sobre os Atributos de Deus, e assim, podemos ter uma minúscula, porém, satisfatória e necessária compreensão sobre o ser de Deus.

O texto bíblico “matador” que atinge o centro da questão foi escrito por João.

João 4.24

Deus é Espírito

Já de início podemos entender que não existe nenhuma forma corpóreo em Deus, e matéria alguma faz parte de sua composição, e ainda, nossos olhos não podem vê-o (a menos que Ele queira), e o que pode parecer estranho para nossa mente tão presa nas coisas visuais é que Ele não é corporiforme.

Podemos então reafirmar – Deus é Simples

Deus é Simples:

O apóstolo João, aquele que buscou uma intimidade maior com o Mestre, foi o único a expressar explicitamente sobre a essência de Deus.

Agora, pense comigo, pense com os puritanos, pense com diversos teólogos: Já sabemos que qualquer coisa existe em cuja essência é matéria – logo, também é imperfeito.

Daí o fato das Escrituras revelar que Deus é Espírito (João 4.24), ensinando assim que Deus permanece espírito, ou seja, Ele é imaterial ou incorpóreo.

Assim também, além do puritano Charnock, os teólogos reformados ortodoxos entendia e ensinava.

Assim como Deus é Simples e Deus é Espírito, a nossa mente vai entender melhor quando descrevemos a Deus em afirmação e em negação:

  • Deus é Amor (afirmação)
  • Deus não possui corpo (negação)

Assim, podemos entender melhor como Deus é Simples, pois por afirmação estamos dizendo que tudo que é perfeito está em Deus e por negação, uma vez que Ele não é matéria tudo que é imperfeito está separado de d’Ele.

De acordo com o entendimento de Charnock, a mente humana tem mais clareza para entender a Deus pela via da negação.

A Simplicidade de Deus:

Para entendermos como Deus é Simples, parece mesmo lógico, que quando lemos dois conceitos (por afirmação e por negação), nossa mente capta melhor a segunda:

  • Deus é imutável!
  • Deus não pode mudar!

Observe que o próprio versículo 24 de João 4 já afirma algo muito importante:

Se Deus é Espírito, estamos afirmando que ele não tem corpo algum.

Uma vez que as Escrituras afirmam que Deus é Espírito, está também afirmando que Deus é Simples e explicando que Sua existência não é material e também não pode ter composição.

O Atributo da “Simplicidade de Deus” é totalmente necessário para que os outros Atributos coexistem entre si.

O Deus Infinito Habita no Finito:

A afirmativa de alguns teólogos que diziam: “o finito não consegue conter o infinito”, foi derrubada justamente por Deus é Simples, pois, uma vez que Deus é Espírito, e esse não tem corpo e não é matéria, é, portanto, essencialmente independente, ilimitável e imutável podendo preencher e habitar em todas as coisas incluindo o mundo das coisas finitas.

Se fosse doutra forma, Deus não seria Deus.

Charnock deu grandes contribuições para nosso entendimento a respeito dos Atributos de Deus.

O Atributo afirmativo que Deus é Simples o permite preencher a eternidade passada e futura sem início e sem fim e mesmo assim entrar no finito (tempo) como nós passamos pela porta da sala para a cozinha.

Os séculos 16 e 17 nos presenteou muitos teólogos ortodoxos com reflexões e ensinos sobre o quanto Deus é Simples ou sobre a Simplicidade de Deus, embora não haviam ainda separado a Simplicidade como um Atributo – o que ficou mais claro com outros expositores inclusive Charnock.

Deus é Simples e Não é Constituído de Partes:

Muitos teólogos da Reforma e pós-reforma também assimilaram e ensinaram sobre a Simplicidade de Deus que não é constituído de múltiplas partes.

A Nossa Fé e a Afirmação de Que Deus é Simples:

Vamos pensar um pouco.

Se Deus em sua essência não é o resultado da soma d partes, pois Deus sendo Espírito não é matéria, quando Ele ele vem, não vem nada a mais do que ele em sua inteireza.

Eu sei que não é muito fácil entender isso, e por isso podemos usar a afirmação e a negação para entendermos melhor.

  • Em termos negativos, a simplicidade nega que existam duas coisas diferentes em Deus.
  • Em termos positivos, a simplicidade afirma que tudo que esteja em Deus é Deus.

Isso deixa claro para nós, que por natureza, a natureza divina está livre de qualquer combinação e de qualquer divisão.

Uma vez que Deus é Simples e por isso, nada pode ser “misturado” à sua essência – logo também entendemos que Ele é Imutável.

Daí a grande conclusão, pois, se Deus

“Pudesse ser transformado por qualquer coisa dentro de si mesmo, tudo em Deus não seria Deus” 

As Escrituras vem afirmando isso muitas vezes e Deus quer que saibamos com certeza:

Malaquias 3.6
Porque eu, o SENHOR, não mudo;

Hebreus 13.8
Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente.

Quanto mais “Simples” mais poder, pois o fato de nada se misturar em si mesmo é prova cabal de que Deus não pode se corromper.

Uma substância limpa, simples, sem nada que possa entrar, penetrar ou se fixar – prova que não haverá mudança na essência.

Se Deus é Simples porque Deus é Espírito e se nada pode se misturar em sua essência, então Ele possui uma Unidade perfeita e é isso que Jesus ensina em suas palavras:

João 10.30
Eu e o Pai somo UM

Percebendo isso, o puritano Charnock acrescenta que:

“Onde está a maior simplicidade, aí está a maior unidade, e, onde está a maior unidade, aí está o maior poder”.

É justamente por esses fatos que não podemos afirmar que todos os atributos somados é a pessoa de Deus, mas sim afirmar que todos os Atributos de Deus são idênticos à essência d’Ele.

Um exemplo simplório seria dizer que podemos misturar qualquer coisa em uma água como o café, limão, veneno, etc., mas o que poderia ser misturado à essência de Deus?

As afirmações abaixo:

  • Deus nunca SERÁ o que NUNCA foi.
  • O que Deus é HOJE, Ele sempre FOI e sempre SERÁ.
  • Daqui a 1.000 ANOS, Deus é o MESMO que é HOJE.
  • O que Deus NÃO É hoje, Ele NUNCA foi no PASSADO e nem será no FUTURO

Isso é mais que uma prova consistente que o cristão caminha firmemente na Palavra de Deus, crendo nas Promessas e sabendo que se nos arrependermos e orar e busca-Lo – Ele vai nos atender e estar conosco.

Glória a Ele, pois, Deus é Simples, Deus é Espírito.

Veja mais mensagens edificantes em nossa página

2 comentários em “Deus é Simples e Nós Podemos Crer”

Deixe uma resposta