Só Deus Se Divide Para Continuar Sendo Um

Na história do homem, Deus se revelou progressivamente. Lógico, sendo o Deus que É, esses 6 mil anos não foram suficientes para que Ele se faça conhecido por completo a esta humanidade orgulhosa e egoísta.

Mas, um dos primeiros aspectos dessa revelação contínua, foi deixar claro que existe UM SÓ DEUS – O Criador de todas as coisas.

Percebemos que a matemática de Deus é diferente da nossa e facilmente vemos o porque:

  • Quando Deus instituiu a união de duas pessoas Ele disse que 1+1 = 1, ou seja, “ambos, se tornarão uma só carne”.
  • Mostrou também que o contrário pode ser verdadeiro – quanto mais você subtrai – mais você tem,

Ou seja, sobre tudo que você tem, quanto mais você doar, mais você terá, e virá em medidas sacudida e transbordante.

Nas duas equações [soma e na subtração] na matemática de Deus os resultados são diferentes dos nossos.

Já na divisão, fazendo jus ao título, Ele é UM só Deus e se divide em três essências, ou seja, continua sendo Um Só Deus, o Juiz Reto de toda a terra, mas É também o Espírito Santo para habitar dentro do cristão e dar a ele forças e consolo nas aflições, e ao mesmo tempo é Jesus Cristo o Verbo que se fez carne e habitou entre nós.

Esse “UM SÓ” dividido em três essências tem a finalidade de dar um resultado “UNO” para que Nós: Eu, você, juntamente com o “UM” dividido nas três essências (Espírito Santo, Jesus e o Pai), sejamos TODOS UM SÓ. Deus se dividiu para unir a todos e continuar sendo UM.

(Mc 10.8; Lc 6.38; Jo 10.30; Jo 17.21) – Mg 35

Deixe uma resposta