Comentário Êxodo 1 – Porque José Estava no Egito

Por

Vamos prover você de argumentação abrindo caminhos de raciocínio para degustar das belezas  observar algumas palavras chaves para nos ajudar a ter uma noção dos acontecimentos.

Êxodo 1.1 “Com Jacó”: Estas palavras são bem determinadas no original dizendo o seguinte: “Com Jacó cada homem de seu clã e toda sua casa entrou no Egito” É assim que numa única frase se resume todo o povo mudando-se para o Egito, mas em torno do já velho patriarca. É isso que liga o livro de Êxodo em Gênesis.

I. PORQUE JOSÉ ESTAVA NO EGITO
Êxodo 1.5 “Porém José já estava no Egito”. Aqui confirma com extrema exatidão toda a história já contada e inclui José com os “setenta“, mas afirma que este havia chegado bem antes no Egito.

Esta frase contém um volume de história intrigante, sim, “José estava no Egito” quando eles chegaram – Mas estava lá porquê?

  1. Era o lugar de refúgio da loucura de seu pai: Vou explicar, o texto sagrada nos mostram o quanto Jacó era apegado e cuidadoso com José, mas este precisava crescer e perto de seu pai super protetor jamais isso aconteceria. José teria sido estragado pelos excessos de cuidados de seu pai Jacó. Por isso, Deus o enviou para o Egito e fez do fato uma excelente escola de aprendizado para José;
  2. Por causa dos ciúmes de seus irmãos: O ciúme tem deixado rastros em todas as épocas e todas as famílias. Esse sentimento amparado pelo orgulho é uma mistura de amor, despeito e ódio;
  3. José estava lá para salvar sua própria família projeto de Deus;
  4. José estava no Egito porque Deus haveria de ser gentil: Os irmãos de José não mereceriam o que receberam, Eles fizeram com que tudo desse errado na vida de seu irmão, mas foram frustrados por Deus. Você pode enxergar isso na sua vida?
  5. Enfim, porque Deus sempre está fazendo algo novo:
    • Porque Deus elevou sua posição social;
    • Porque Deus levou seus irmão ao reconhecimento da culpa;
    • Porque Deus salvou uma nação dos horrores da fome;
    • Porque Deus ensinou faraó que Ele fala por sonhos;
    • Porque Deus coloca pessoas piedosas no meio de ímpios;
    • Porque Deus trouxe 70 pessoas dos seus e os fez prosperar em meio ao sofrimento.
  6. Tudo gira em torno de José, mas ele morre:
    • José foi o castigo da indulgência de seu pai;
    • José foi a vítima do ódio de seu irmão;
    • José foi o filho da misericórdia de Deus;
    • José foi o governante da maior potência da época
    • José havia instruído seus irmãos;
    • José havia enriquecido a seu pai;
    • José salvou sua nação;
    • José ensinou o mundo uma eterna lição – mas morreu.

Êxodo 1.11 “construíram as cidades de Piton e Ramessés”. Pitom significa “um lugar estreito” que era uma cidade do Baixo Egito e Ramessés ou Raamses “Filho do sol” que já é uma parte moderna hoje. Do Cairo até este lugar pela estrada sírio-egípcia seria a jornada de um dia. Nesta época o Sol já era um dos principais deuses do mundo antigo

II. O LIDER SABE QUEM SÃO AS CRIANÇAS DA FAMÍLIA
Êxodo 1.1.2 “Rúben, Simeão…” Moisés passa a descrever os nomes dos pais, pois apenas dar um número de 70 pessoas para ele não seria suficiente.

É assim que um líder, um legislador faz – ele se importa, sabe quantos e cita os nomes. Ele conhece a peculiaridade de suas vidas e do caráter moral de cada um.

Não importa quão grande seja a Família, todos estão guardados em sua mente. Ele sabe que as relações de amizade, e assim descreveu todo o relacionamento entre eles e também as intenções de cada um na história de José do Egito.

A roupa suja lavada em casa, as brigas dos irmãos, as preferencias dos pais e tudo mais que acontecia entre família sem contudo perceber a mão de Deus guiando a história que futuramente levaria à união da família.

III. ELE OBSERVA A ORDEM DE PARTIDA DA FAMÍLIA.
Êxodo 1.1 “O que veio com Jacó para o Egito.” Moisés só não sabia quantas pessoas vieram para o Egito, como também sabia seus nomes e ainda a ordem em que caminhavam.

A família pode ser chamada para uma viagem ou mudança em busca de emprego no comércio, em busca de tratamento, prazer ou qualquer outro motivo. Mas devemos saber que é a caminhada, a viagem, as andanças que revelam quem somos de verdade. É esse tratamento que Deus vai mostrando para nós mesmo e para nosso próximo que nível de maturidade já nos encontramos.

IV. SUA FAMÍLIA ESTÁ ANDANDO PELA VONTADE DIVINA?
Percebemos também que não devemos descer para “Egito”, sem uma indicação da vontade divina como foi com a família de Jacó.

Todas as alterações da família devem estar sob a instrução do céu. Esta proteção garante a segurança e o desenvolvimento, embora, por vezes, também a disciplina.

Tal foi o caso com esta família, eles estavam protegidos, enquanto no Egito, eles se multiplicaram em circunstâncias desfavoráveis, eles foram preparados por tristezas para o seu futuro importante.

V. O LIDER MARCA A MORTE E SABE QUE A GERAÇÃO PASSA.
Êxodo 1.6 “E José morreu e todos os seus irmãos e toda aquela geração” Moisés não deixa que nenhuma vida se perca sem que ele saiba onde está. Isso mostra o cuidado de Deus, pois foi o Eterno quem dava os detalhes de cada um dos seus.

Alguém morreu, uma geração toda passou, mas tudo com a permissão de Deus. Seja o ímpio ou seja o justo, chega a hora em que Deus ordena o seu fim. Isso deve calar a voz de queixa. Deus sabe tudo sobre a nossa casa, nossa vida, nosso tempo – Não o desperdice.

Deixe uma resposta